fbpx Skip to content
Blog

Brain Power Coral Blog

Como lidar com uma equipa multigeracional

A TED pôs-nos a falar sobre cinco gerações. Cinco gerações que estão, pela primeira vez na História, em interacção no mesmo local de trabalho. Veteranos, boomers, geração X, millenials e, brevemente, a geração Z. Mas a TED também veio desmistificar a ideia de que pessoas nascidas num período específico de 20 anos partilham o mesmo sistema de crenças e valores. Aliás, um estudo conduzido por Leah Georges veio comprovar que “somos mais iguais do que somos diferentes”.

O que é que todas estas gerações querem? Um trabalho ao qual atribuam importância e que lhes permita ter flexibilidade, apoio, reconhecimento e, claro, café. A discussão geracional tem-se esquecido da premissa básica: “people are people“. A ideia proposta por Leah Georges é, pura e simplesmente, que se promova o conhecimento de cada pessoa, de cada trabalhador, valorizando-se, assim, a sua individualidade.

As grandes questões que têm moldado a nossa existência são intemporais, e as preocupações de um veterano não serão assim tão diferentes das de um millenial. Cada pessoa, apesar de produto do seu tempo e das suas circunstâncias, apresenta um conjunto de características que a diferencia. O foco das empresas, de acordo com o artigo, deve incidir no trabalhador e não na geração a que pertence. Só assim será realmente possível “mergulhar” nas histórias individuais de cada um, entendendo o seu universo, potencializando os seus talentos e correspondendo às suas necessidades.

A nossa missão é garantir que a mente
humana é o recurso profissional mais valioso.
A nossa missão é garantir que a mente humana é o recurso profissional mais valioso.