fbpx Skip to content
Blog

Brain Power Ironstone Blog

Automação depois da covid-19

O Japão é conhecido por ter promovido, ao longo dos anos, o aumento da produtividade nas empresas. Porém, estamos a falar de um país em que a força de trabalho é cada vez menor, tendo em conta a baixa taxa de natalidade (o que também se verifica nos países ocidentais). Assim sendo, e respondendo ao facto de estarmos a viver em plena pandemia global, o processo de automação tem vindo a ganhar terreno.

Isto, claro, não acontece apenas no Japão. Caminhamos cada vez mais para a digitalização, num mundo em que as tarefas monótonas e repetitivas podem facilmente ser executadas por máquinas. Para se levar esta automação a cabo, é preciso que os líderes mundiais estejam cientes da revolução a que estamos a assistir, e isso implica um entendimento da linguagem da digitalização e da inteligência artificial. Para além disso, será necessário estabelecer modelos de trabalho flexíveis, o que permitirá empregar mais pessoas, e munir de novas competências a força laboral.

A adaptação não será imediata, nem fácil. Serão precisos programas de formação e um período de ajustamento a uma nova realidade que está a emergir. Uma requalificação da força de trabalho, que transfere alguma das suas funções para a máquina, adquirindo novas especializações e competências.

A nossa missão é garantir que a mente
humana é o recurso profissional mais valioso.
A nossa missão é garantir que a mente humana é o recurso profissional mais valioso.