fbpx Skip to content
Blog

Brain Power Ruby Blog

A arte perdida de pensares por ti próprio

Vikram Mansharamani, presença habitual em palestras de Harvard, argumenta que é essencial cultivar as competências e pensamentos de um generalista, isto é, devemos alimentar-nos um pouco de tudo, de modo a não estarmos constantemente a depender dos chamados “especialistas” em determinada área. Questionarmo-nos e procurarmos respostas – é este o tema do episódio 12 da quarta temporada de FOMO Sapiens with Patrick J. McGinnis.

No episódio, Leonard Da Vinci é usado como exemplo, bem como Hellen Keller, professora, activista, autora. Ao longo do podcast, o status quo em que vivemos, que privilegia a especialização numa área concreta, é imediatamente posto em causa na era da informação, em que o mundo é compartimentalizado em pequenas gavetas, sempre à procura de uma “solução optimizada”. Sem minimizar a importância dos especialistas, Mansharamani propõe o desenvolvimento do senso comum e o questionamento, mesmo quando algumas ideias nos são apresentadas como evidências por especialistas.

O Renascimento transporta-nos para um tempo em que, de facto, se valorizava o conhecimento geral em detrimento da especialização, provando que o mundo está sempre a atravessar mudanças paradigmáticas. Hoje, são poucos os que “juntam os pontos”, à procura de uma resposta para o problema – esta é a grande ideia defendida pelo convidado do podcast, levantando uma discussão sobre a especialização em conflito com a generalização que, a longo prazo, poderá ser mais frutífera.

Recuperar um pouco do “pensamento próprio” é um dos desafios do nosso futuro.

A nossa missão é garantir que a mente
humana é o recurso profissional mais valioso.
A nossa missão é garantir que a mente humana é o recurso profissional mais valioso.